Entrevista LiteraPoint


Entrevista
Data: 08/02/2015
Blogueira: Fernando Luiz
Blog: LiteraPoint

8 - Sobre Mudanças, como foi escrever um livro que deveria ser guia prático para toda adolescente? Quais as suas dificuldades?

Bom, eu escrevi o enredo principal de Mudanças aos 13 anos de idade, então eu senti bem na pele o que era passar por todos aqueles problemas juvenis. Quando decidi que queria publicá-lo em 2013 também sabia que várias modificações deveriam ser feitas para atrair o público. Foi assim que criei esse “guia prático” como você mesmo sugeriu. Ser adolescente não é nem um pouco fácil – arrisco dizer que é uma das fases mais complicadas e chatas da vida. Exatamente por isso criei Verônica, a personagem mais aborrecente de todas as galáxias. Uma das grandes dificuldades em adicionar mais cenas e criar os passos pelos quais ela passa, foi a incerteza se os leitores compreenderiam meu objetivo. Afinal, nessa fase da vida todo adolescente quer se sentir querido, amado – quer sentir que alguém se importa com ele. E é isso, além de outros temas como separação dos pais, namorados possessivos e atitudes explosivas, que trabalho em “Mudanças”. Meu maior medo era que o público não compreendesse que Verônica é sim teimosa, metida e por vezes irracional, mas porque ela não sabe lidar com essas mudanças em seu corpo e mente.

9-Ping Pongue Litera Point.

Uma Musica/ Um Filme / Uma pessoa/ Uma frase/ Um livro
Wide Awake, Katy Perry
O Castelo Animado, Hayao Miyazaki
Meus pais (são duas pessoas, eu sei rs)
“Viver é desenhar sem borracha”, Millôr Fernandes
O Oceano no Fim do Caminho, Neil Gaiman
--


Leia a entrevista na íntegra no blog LiteraPoint.


"L. L. Alves construiu uma história de fantasia cheia de surpresas, mistérios, lutas, romance e situações inesperadas. Definitivamente vale a pena ler e mergulhar nos mais profundos segredos da Instituição para Jovens Prodígios."

Poliana, Blog Páginas da Minha Vida Literária


© L. L. Alves - 2020. Todos os direitos reservados.